2017-2021 • GESTÃO INDEPENDENTE, DEMOCRÁTICA, DE BASE E DE LUTA!

Notícias

Fique por dentro de todas as atividades do sindicato.
17 jun

APP Sindicato Londrina participa do Seminário Contra a Reforma da Previdência e o desmonte dos direitos das mulheres realizado na UEL.

O Seminário Contra a Reforma da Previdência e o desmonte dos direitos das mulheres, foi realizado na UEL durante todo o dia de sábado 15/06/2019, o evento foi promovido por vários segmentos feministas, NEAB, APP SINDICATO LONDRINA, SINDICATO DOS BANCÁRIOS, Marcha das Mulheres, Mobiliza Londrina, C. A de Ciências Sociais, Coletivo Feminista, etc.

O Seminário Feminista contou com as falas de Viviane Peres, Luara Scalassara, Fátima Beraldo, Mel Campus, Ceres do MST, Gilza – da Comunidade Indígena, Maria Eugênia do Movimento das Mulheres Negras e Sueli Aparecida Lopes da APP LONDRINA. As falas versaram sobre a escalada da desconstrução dos direitos humanos e sociais promovidos desde o Golpe de 2016: Foi a Lei do Teto dos gastos 2016, a Reforma Trabalhista de 2017 e agora a PEC 06/2019, que visa aniquilar com o direito de aposentadoria das trabalhadoras no Brasil.

A proposta quer privatizar o acesso a seguridade social, restringindo os direitos para pensões por doenças, pensões por invalidez, aumentando o tempo para contribuição e instituindo a aposentadoria por idade 62 anos para mulheres e  65 anos para os homens. Além de aumentar a alíquota de desconto para o Imposto de Renda, acabar com o regime de contribuição solidária Governos, patrões e trabalhadores contribuem atualmente com o sistema de Previdência que garante a aposentadoria dos trabalhadores, com a mudança e prevalecendo o sistema de Capitalização, este irá beneficiar os bancos privados, sendo que cada indivíduo será responsável em pagar para depois receber por algum tempo, o dinheiro aplicado.

O Seminário fez um histórico da opressão, dominação e exploração das diversas mulheres da civilização humana, em especial, das mulheres negras, das pobres, indígenas, gays, deficientes e idosas… Além de denunciar a misoginia, a violência contra as mulheres, o feminicídio, o machismo, o racismo, etc.

A necessidade de luta permanente para resistir a este período de exceção de desmandos de autoritarismo e de sequência de golpes que aniquilam o acesso a direitos das mulheres trabalhadoras à seguridade social, assistência médica, pensões, médicos, hospitalares, programas de vacinação, etc.

As falas das palestrantes denunciaram uma onda crescente de cerceamento aos direitos, saúde, educação, lazer cultural, creches. Afim de cessar esta escalada de retirada de direitos humanos e trabalhistas, o Seminário acordou a elaboração de uma carta, outros eventos populares, uma agenda conjunta, entre os diversos segmentos afim de resistir e avançarmos na busca democrática de ocuparmos espaços e solidificarmos movimentos para além da busca da igualdade de gênero e justiça social. Um encontro importante e feminista, relevante para o emponderamento feminino.

Sueli Aparecida Lopes Braga é Diretora da APP Sindicato Londrina.

 

Imagens do evento :

   

   

 

 

APP Sindicato Londrina

Gestão Independente, democrática, de base e de luta.