icon analytics

NÚCLEO SINDICAL
LONDRINA

Gestão
Independente, democrática
e de luta!
2014 - 2017

Notícias

APP-Londrina presente em grandiosos debates sobre a igualdade racial e religioso

Na última sexta-feira(26) a convite da professora Marcia Pomini, coordenadora do Grupo Multidisciplinar do Colégio Estadual Presidente Kennedy de Rolândia – Pr., e também tema do seu projeto de PDE, no qual tem 15 professores inscrito no projeto de extensão. Realizamos uma palestra referente a implementação a aplicabilidade da Lei 10.639/03 no âmbito escolar. O debate foi no sentido romper e descontruir a visão racista que acontece na comunidade escolar; a valorização das Cotas Etnicorraciais; Intolerância religiosa sobre a de Matriz Africana; valorização e visibilidade aos negros(as) na formação da sociedade brasileira. O debate foi conduzida pela palestrante professora Vanilda Rodrigues Pereira – Diretora de Formação Política Sindical da APP de Londrina/ gestão 2017; Claudia Augusta dos Santos (Mãe Iyá Ikandayô) - Presidenta do Conselho da Igualdade Racial de Londrina e representante da Rede de Mulheres Negras de Londrina; Rafaela de Freitas Izabel: Coordenadora do Grupo Multidisciplinar de alunos(as) do Núcleo Regional de Educação de Londrina. Parabéns pela iniciativa da professora Marcia Pomini nessa luta árdua, pois sabemos quanto é difícil descontruir visões estereotipadas, que continua sendo reproduzidas dentro das escolas por falta de conhecimento. E para além disso, o mais triste, é quando nos deparamos com educadores(as) que impõe sua religião (que não é o de Matriz Africana) no chão da escola como se fosse a única verdade e não respeita a religião do outro, e principalmente se tratando da religião de Matriz Africana. Não poderemos admitir ou compactuar com esse tipo de comportamento no âmbito escolar, pois se a escola pública é Laica e isso significa que é necessária ter uma posição neutra no campo religioso sim, pautada no princípio a imparcialidade em assuntos religiosos, mas também não pode haver nenhum outro tipo de discriminação religiosa. Aqui no Estado do Paraná, ensino religioso faz parte da grade curricular diversificada, ou seja, as diversas religiões fazem parte dos conteúdos integrantes dos saberes a serem desenvolvidos no contexto escolar. Dessa forma, é necessário que professores(as) ao discorrerem sobre as diversas religiões, tem que ser de forma imparcial, porém não é o que acontece, por parte de alguns educadores(as) quando se trata da religião de Matriz Africana seja em espaços educacionais ou em outros espaços sociais.
Professora Vanilda Rodrigues Pereira – Diretora de Formação Política Sindical da APP–Sindicato Londrina /Gestão 2014/2017.

APP-Sindicato - Núcleo Sindical de Londrina