2017-2021 • GESTÃO INDEPENDENTE, DEMOCRÁTICA, DE BASE E DE LUTA!

Notícias

Fique por dentro de todas as atividades do sindicato.
19 Maio

Ministério Público do Trabalho acolhe denúncia da APP Sindicato Londrina

Na decisão, MPT determinou abertura de investigação sobre caso de assédio moral.

 O Ministério Público do Trabalho de Londrina determinou a abertura de investigação contra o Estado do Paraná e a chefe do NRE Londrina, Jéssica Elizabeth Gonçalves Pieri. A decisão do órgão é resultado de uma denuncia apresentada pela APP Sindicato Londrina no final de abril.

Na manifestação, a procuradora do Trabalho, Luciana Estevam Cruz de Oliveira destaca que a situação de pandemia e distanciamento social impede a realização de procedimentos de investigação no período de 30 dias, mas reforça a necessidade “de se promover a colheita de elementos que permitam melhor esclarecer o objeto da denuncia quanto ao assédio moral, determina-se a instauração de procedimento preparatório em face dos denunciados, ESTADO DO PARANÁ e JÉSSICA ELIZABETH GONÇALVES PIERI”.

A procuradora do trabalho encaminhou ao Ministério Público Estadual as situações referentes às condições de trabalho, tais como jornada de trabalho, não fornecimento de equipamentos e formação para atuação nas atividades à distância. O presidente da APP Sindicato Londrina, Márcio André Ribeiro destaca “o posicionamento do Ministério Público do Trabalho é uma decisão importante. Desde a denúncia à situação dos estudantes e da categoria piorou. As pressões crescem cada dia mais. Pedimos que os trabalhadores(as) nos encaminhem documentos para que possamos dar continuidade aos procedimentos”. 

O secretário de assuntos jurídicos da APP Sindicato, Mário Sérgio Ferreira de Souza, reforça que “diante do fracasso das atividades à distância, a SEED tem optado por expor os estudantes e os trabalhadores(as) ao risco. A resoluções 1253/20 e 1611/20 que permitem o estabelecimento de escalas para o atendimento presencial são absurdas e contrariam as medidas de distanciamento social previstas pelo próprio governo. No pior momento da pandemia a saúde a vida dos estudantes e dos trabalhadores(as) devem ser prioridade.     

Entenda o caso

Em meados abril circulou nas redes sociais um vídeo da chefe do Núcleo Regional de Educação de Londrina, Jéssica Elizabeth Gonçalves Pieri orientando os(as) diretores(as) e os(as) secretários(as) a encaminharem as faltas dos professores(as) que não queriam trabalhar. Merece destaque a fala “Você vai enviar a falta deste professor, o nome inteiro deste professor e o RG. É para você mandar as faltas daquele professor que não quer trabalhar”. No vídeo, a chefe do NRE reconheceu também que as teles aulas do Feder são Meia boca, a gente já está dando aula para inglês ver.”

No dia 24 de abril, a APP Sindicato Londrina apresentou denúncia ao Ministério Público do Trabalho em Londrina. A ação teve a intenção de levar ao conhecimento do órgão, as ameaças e intimidações contra à categoria, promovidas pela Chefe do Núcleo Regional de Educação de Londrina.