2017-2021 • GESTÃO INDEPENDENTE, DEMOCRÁTICA, DE BASE E DE LUTA!

Notícias

Fique por dentro de todas as atividades do sindicato.
20 jan

Coletivos de Sociologia, Filosofia e Arte juntamente com a APP Sindicato protocolam documento no NRE contra a diminuição da carga horária no Ensino Médio

Apesar do tempo chuvoso na manhã do dia 17/01/2021, segunda feira, o coletivo das disciplinas de Sociologia, Filosofia e Arte juntamente com a APP Sindicato Londrina realizaram um protesto no NRE, Núcleo Regional de Educação, contra a diminuição da carga horária das aulas no Ensino Médio.

O Coletivo de humanidades juntamente com a APP Sindicato são veemente contra a diminuição da carga horária que foi oficializada pela SEED em 16 de Dezembro de 2020 através de uma instrução normativa. O Presidente da APP Sindicato, Márcio André Ribeiro, lamenta e discorda da ação do governo “a diminuição é um retrocesso pois irá prejudicar o acesso ao aluno a uma educação crítica em uma sociedade altamente diversificada, com a diminuição das aulas das disciplinas os alunos serão penalizados com uma defasagem de aprendizagem que irá provocar consequências futuras, as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Artes são fundamentais para que o alunos possam aprender as diversidades da sociedade atual através de um contexto histórico e também a exercerem a sua cidadania. Um governo que ignora o processo de aprendizagem do aluno em um todo é um governo que definitivamente não se preocupa com a educação e muito menos com a sociedade”.

A diminuição das aulas de Sociologia, Filosofia e Artes vai contra o que é preconizado na LDB, a educação deve ser importante para o cotidiano extraescolar, seja para as relações cotidianas, seja para a vida profissional. Em um mundo com culturas diversificadas com diferentes modo de pensar, é claro que o contingenciamento de tais disciplinas irá privar o aluno do conhecimento das especificidades e também do seu todo, essa privação é inaceitável e precisa ser combatida para evitar um prejuízo de aprendizagem aos estudantes. Em uma sociedade altamente globalizada os diferentes tipos de saberes se entrelaçam e as disciplinas de humanas são fundamentais para entender e compreender este emaranhado de diversificação de saberes. A diminuição da participação de tais disciplinas na vida acadêmica do aluno fere o direito do estudante de aprender, ferindo então o desenvolvimento pedagógico do mesmo para entender e compreender o processo de transformação que permeia uma sociedade. 

Para o professor de Sociologia, Luis Fernado, infelizmente o retrocesso é claro “2 aulas são insuficientes para abordarmos todos os conteúdos com profundidade, fazemos um recorte conforme o perfil da turma de estudantes. Com a redução para uma aula por semana, essa dificuldade impossibilita o trabalho docente em apresentar, debater e construir o conhecimento a partir dos conteúdos de Arte, Filosofia e Sociologia. Essa decisão monocrática prejudica o desenvolvimento da sensibilidade expressiva, da desnaturalização dos fenômenos sociais e argumentação dos estudantes, gerando desigualdade nos exames nacionais e vestibulares para o acesso aos cursos superiores considerando a oferta das disciplinas nas instituições de ensino privadas”.

A soma de forças na luta contra a desvalorização e o retrocesso na educação é fundamental na defesa de uma educação gratuita e de qualidade.

Imagens do ATO.

APP Sindicato Londrina.
Gestão Independente, democrática, de base e de Luta.